Antes do início da gestão Ronaldo Dimas, em 2012, eram 199 empregos gerados pelos investimentos em saneamento e o número foi triplicado até 2018. Em 2013, primeiro ano de mandato, a quantidade de trabalhadores do setor já cresceu para 337 e seguiu evoluindo anualmente até 644 postos de trabalho em 2018.

Fonte: O progresso net.