Home Colunistas Afinal, é financeiramente vantajoso para o Estado do Rio de Janeiro vender a CEDAE?